Menu
Circular Citri proRESI

Romântico e Sustentável

2021/2/12

É possível ser romântico e, ao mesmo tempo, ser amigo do ambiente e pensar na sustentabilidade do planeta?

No Dia dos Namorados, em que tipicamente os casais de namorados trocam presentes entre si e em que o consumo aumenta significativamente, propomos que pense não só no que a pessoa que ama gostaria de receber, mas também no impacto ambiental do presente que lhe vai oferecer.

Existe um mundo de opções por onde podemos escolher, apesar de as circunstâncias atuais de confinamento não nos permitirem ir fisicamente às lojas e assim ver ao vivo o que queremos oferecer.

Tendo isso em conta podemos optar por lojas online e por produtos feitos com materiais sustentáveis como a cortiça, a lã, a madeira, óleos vegetais ou sabonetes, e evitar produtos poluentes como os plásticos, que, entre outros efeitos, enchem os oceanos de poluição. Há vários produtos feitos com estes materiais, que vão desde carteiras, a sapatos, vestidos, produtos de beleza ou perfumes e que podem ser uma alternativa aos habituais presentes que, em algumas ocasiões, contêm materiais poluentes e que prejudicam o ambiente.

Outra sugestão pode passar por pormos em prática os nossos dotes de culinária e surpreendermos a pessoa de quem gostamos com um jantar especial, feito a partir de produtos biológicos. Quem sabe, não conquistamos o nosso mais que tudo através do paladar?!

É importante que a consciência ambiental esteja presente em todas as escolhas que fazemos, e que mesmo num dia importante como o Dia dos Namorados possamos fazer opções sustentáveis, cuja reciclagem seja possível e que protejam o ambiente de resíduos perigosos.

O apelo que fazemos na Blueotter para este Dia dos Namorados, enquanto empresa que presta serviços ambientais de excelência através da valorização e tratamento de resíduos não perigosos, com as melhores práticas e técnicas ambientais, é que sejam criativos e optem por soluções românticas e amigas do ambiente.

Por isso, a resposta à pergunta inicial é, definitivamente, sim! É possível ser romântico e sustentável.