Menu
Circular Citri proRESI

Alterações Climáticas: o que está a ser feito pela UE

2021/5/3

O aumento das temperaturas, a alteração da época das chuvas, bem como a subida do nível médio do mar e os glaciares a derreterem, são a prova mais do que evidente de que as alterações climáticas estão aí. Grande parte deste aquecimento do planeta deve-se a emissões de gases por ação humana, como a queima de combustíveis fósseis (carvão, petróleo e gás) na produção de eletricidade, nos transportes, na indústria e nas casas (CO2), ou os que são libertados por aterros de resíduos, sendo por isso urgente estabelecer compromissos para as reduzir.

Foi nesse sentido que um conjunto de países aderiram à Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas (UNFCCC), tendo-se comprometido com metas ambiciosas, mas possíveis de alcançar: reduzir as emissões globais em 50%, em comparação com os níveis de 1990, até 2050, e atingir a neutralidade de carbono, antes do fim do século.

Mas o que tem sido feito pela União Europeia a este respeito?

A UE pretende ir mais além e, para além de apoiar o objetivo da UNFCCC, pretende, até 2050, reduzir as suas emissões de gases com efeito de estufa em 80-95 % em comparação com os níveis de 1990.

Para isso, a UE adotou legislação no sentido de promover a utilização de fontes de energia renováveis, como a solar, a eólica, a biomassa, a hidráulica, melhorando a eficiência energética de um conjunto vasto de equipamentos e eletrodomésticos.

Faz também parte da estratégia, incentivar o desenvolvimento de tecnologias de captura e armazenamento de carbono, com vista a capturar e armazenar CO2 emitido por centrais elétricas e outras instalações.

A coordenar e a supervisionar toda esta estratégia está a Agência Europeia do Ambiente, a quem cabe apoiar a aplicação da legislação sobre a mitigação das alterações climáticas na Europa, a avaliação das políticas da UE e o desenvolvimento de estratégias de longo prazo para mitigar as alterações climáticas.

Na Blueotter estamos conscientes destas metas e comprometidos com as mesmas, pelo que adotámos como guia de atuação as melhores práticas europeias disponíveis e os objetivos estabelecidos nos acordos de Paris e das Nações Unidas, no combate às alterações climáticas e na defesa de um Planeta vivo e sustentável. Como tal, temos todos os nossos processos e serviços de gestão ambiental certificados, de modo a garantir serviços de excelência aos seus clientes.

Acreditamos que só com a união de todos, conseguiremos ter sucesso nesta luta por um planeta mais limpo e por um futuro mais sustentável para as gerações vindouras.